Mude a cara da sua parede

papel-de-parede-3

Se você quer deixar sua parede diferente, mais bonita ou descolada, saiba que há várias opções. Antes de tudo, é preciso definir se a parede é externa ou interna. Se for externa, avalie se ela sofre a ação da chuva e do sol.

Para as paredes externas que não sofrem a ação do tempo há uma infinidade de revestimentos cerâmicos e de pastilhas de vidro, por exemplo. Também é possível fazer uma parede verde ou parede viva com plantas ornamentais fixadas em um aramado especial. O aramado permite que vários vasos sejam pendurados. Neste caso, é necessário avaliar a insolação e a ação dos ventos. Essa opção é mais indicada para paredes que recebam luz solar indireta e as plantas ideais são as samambaias, ripsalis, lírios da paz, heras e outras folhagens. Já os revestimentos rugosos, como pedras ou texturas, exigem limpeza constante.

Paredes internas
Para as paredes internas, se estiverem bem conservadas, pode-se aplicar uma camada de massa corrida, duas demãos de tinta látex e depois aplicar o papel de parede. Práticos e fáceis de instalar, os papéis estão entre as boas opções.
Há opções 3D no mercado que conferem efeitos especiais. Mas como todo revestimento, é preciso utilizá-lo com bom senso. Evite exageros e cores que possam pesar no ambiente. O tipo de iluminação também vai definir a melhor escolha.

Espelhos e quadros
O uso de espelhos nas paredes é um recurso interessante, pois pode ampliar o espaço ou multiplicar a luz. Para obter a sensação de amplitude, estude o formato do cômodo antes de escolher a parede onde vai colocá-lo. Posicione-se em frente de cada parede e imagine qual delas gostaria que não existisse. Em vez de eliminá-la, instale o espelho ali. Procure não colocá-lo em frente a mesas de jantar ou sofás para evitar que as pessoas fiquem constantemente vendo seu reflexo, o que pode ser desagradável.

Posicionados em locais estratégicos, os espelhos podem também refletir a luz sobre paredes sombrias. Para obter esse efeito, observe quais pontos do ambiente recebem os raios de sol e os que permanecem escuros. Coloque o espelho no ângulo em que poderá refletir a luz na parte escura.

Quadros também podem transformar o visual do ambiente. O tamanho do quadro e o estilo da decoração devem ser observados antes da instalação. Locais pequenos não devem receber obras grandes. Uma fórmula convencional, mas que funciona, prevê o uso de um quadro maior no centro e outros dispostos simetricamente ao redor, formando um grande retângulo.

Vários quadros pequenos também podem ser usados numa mesma parede, com molduras da mesma cor, dando a impressão de que se trata de uma peça única.

Placa cimentícia

A placa cimentícia é indicada para uso em paredes internas e externas, em áreas secas e úmidas. Elas podem, inclusive, ser usadas em fechamentos curvos de alguns projetos mais arrojados. As placas permitem vários tipos de acabamentos, podendo também receber previamente os revestimentos. Entre outras características, elas não oxidam, não apodrecem e são resistentes a impactos, têm boa resistência à flexão, intempéries e são imunes a fungos, insetos e roedores.

Segundo os fabricantes, as paredes constituídas por placas cimentícias oferecem vantagens, como ganho de área útil em função da menor espessura das paredes; pequena geração de entulho; redução de cargas nas estruturas e fundações, devido ao menor peso por metro quadrado, além de conforto térmico e acústico, quando comparado com as paredes tradicionais, constituídas com tijolos cerâmicos, por exemplo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s